Dias melhores

Vivemos esperando dias melhores
Dias de Paz
Dias a Mais
Dias que não deixaremos para trás

Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no Amor
Melhores na Dor
Melhores em Tudo

Vivemos esperando
O dia em que seremos
para sempre
Vivemos esperando
Dias Melhores pra sempre
Dias Melhores pra sempre

Ouça a música. Leia a letra. Veja a semelhança com a realidade; estamos sempre esperando por momentos sensacionais, dias melhores, mas a maioria deles são iguais. São repletos de NADA.

A questão é que fisicamente o nada representaria ausência até mesmo do espaço, ou seja, não se pode estar no nada. O nada é um não-lugar. E por definição quando se fala da existência se fala da existência de algo. O nada passa a ser uma representação linguística para ausência de tudo.

Perceba a sutil idéia de que ao dizer que os dias são [iguais e] repletos de NADA, estamos mentindo. As pessoas vivenciam momentos diários que talvez não sejam tão incríveis quanto a primeira vez que estiveram em um campo de futebol com seu pai, o primeiro tombo de bicicleta, fizeram a barba pela primeira vez, o primeiro beijo, a primeira paixão, porém são tão importantes quanto estes.

Limitar a nossa vida para um amanhã incerto e esperar por momentos sensacionais sem fazê-los acontecer é o mesmo que querer ganhar na loteria sem jogar. O melhor é fazer a diferença, ser feliz com os momentos que a vida nos proporciona, mesmo que eles sejam de tédio.

Anúncios
  1. R.
    julho 23, 2010 às 4:30 am

    Não tenho nem o que comentar acerca de seu post.
    Simplesmente verdadeiro e maravilhoso.
    Poucas pessoas conseguem aceitar essas palavras, afinal, estão sempre esperando muito da vida e fazendo menos ainda.
    Querem que a vida lhes entregue tudo pronto, sem se dar ao trabalho de tentar mudar, ou ao menos, abrir os olhos e contemplar as coisas que realmente irão fazer a diferença.
    Uma mudança na brisa pode deixar o dia mais gostoso, mais bonito.
    Então, pra fugirem disso tudo, começam a reclamar e culpar a vida e a todos pelo próprio fracasso e pela cegueira de sua alma. É bom ver pessoas que sabem que a diferença pode ser feita, e tentam faze-la.

    • julho 26, 2010 às 12:10 pm

      Obrigado pelo comentário que acrescenta ao meu post. 😉

      Abraços!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: