Início > Artigos, Pensamentos Aleatórios > Doença: a voz da incapacidade

Doença: a voz da incapacidade

Essa semana estou muito debilitado tanto para escrever quanto para estudar. Passei (acredito eu) por uma intoxicação alimentar por causa de um salgado que comi na faculdade e isso abaixou minha resistência fazendo eu pegar uma gripe deveras forte. Enfim, estou praticamente de cama desde terça-feira, utilizando a única força que resta para frequentar as aulas e pelo menos forçar meu cérebro para ele não ficar parado “atrofiando”.

O meu objetivo com esse relato pessoal é mostrar o quanto nós somos fracos diante de uma doença, seja ela qual for. A questão é que quando estamos bem de saúde, as vezes simplesmente esquecemos de aproveitar, curtir, se divertir, preferimos ficar tristes e chorar à rir sem parar.

É uma pena isso, pelo menos para mim não há algo melhor do que o sorriso, inclusive isso explica eu não gostar de qualquer doença, pois ela retira a capacidade de qualquer um sorrir.

Eu separo tudo isso em dois ambientes, inclusive um muito peculiar. A doença me lembra um hospital, lugar tão triste, cinzento, solitário, sem nenhum riso… apenas correria e em alguns casos, gritaria. Já a saúde me lembra um parque de diversões, pessoas rindo, felicidade, crianças, espontaneadade, nostalgia, um “mundo” colorido.

Sorrir HOJE é um bom “remédio”; amanhã é tarde. Apenas um “pensamento” aleatório de alguém que está sem nada para fazer em uma noite de sexta-feira…

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: