Início > Literatura, Pensamentos Aleatórios > “A Arte de Amar” de Manuel Bandeira

“A Arte de Amar” de Manuel Bandeira

“Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus — ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não.”

Já escrevi aqui sobre um pouco de Manuel Bandeira esse nosso magnífico escritor que poucos valorizam. Enfim, como estou sem tempo e estou saindo de viagem, estou escrevendo esse maravilhoso poema dele, assim não fico muito tempo sem atualizar esse blog.

Assim que eu chegar escreverei sobre mais alguns assuntos.

Abraços e bom feriado a todos.

Anúncios
  1. Carol
    abril 9, 2009 às 1:30 am

    Saudades de ler poema. Tão bom!

  2. abril 24, 2009 às 6:08 pm

    Não deixarei você sentir mais saudade. 🙂 Escreverei mais alguns por aqui e outros serão ditos a você.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: