Início > Artigos, Física, Matemática > Fisica sem matematica, ensino medio sem bom-senso

Fisica sem matematica, ensino medio sem bom-senso

o Tom criou um tópico na comunidade com mais um de seus bons questionamentos. Resolvi morder a isca e
escrever um pouco sobre o que penso a respeito aqui no blog, até porque tenho ficado um tanto ‘chateado’ com o fato deque alguns posts no Orkut simplesmente desaparecem; você perde um tempo questionando e escrevendo bons argumentos para não saber se daqui a cinco meses encontrará sua resposta como referência para uma mesma pergunta. É de certa forma desgastante e desanimador, mas isso é assunto para outro texto. 😛

Seu questionamento parte do principio que dezenas de alunos, principalmente do Ensino Médio, acham que é possível apenas com o português entender teorias e conceitos abstratos da física.

Vou analisar os três anos do meu Ensino Médio e deixar de fora (em um primeiro momento) o cursinho; confesso que no primeiro ano meu único interesse era com a matemática, pois gostava dos ‘desafios’ que ela me proporcionava — talvez ela tenha sido o ponta-pé inicial para eu descobrir o quanto de maravilhas se tem na física e também me ajudar a questionar outras matérias. Entretanto, sempre pude perceber que a maioria tinha uma dificuldade imensa em resolver os problemas propostos pelo professor e pelo material e ela ficava mais evidente nas vésperas das provas. Parecia que todos estavam dispostos a aprender — conceitos que precisavam de duas semanas de estudo — do dia para a noite.

Hoje, repensando sobre o passado, vejo que o problema era falta de prática. Por conta dos professores (não que eles gostassem, mas… eles preferiram seguir a regra do ‘manda quem pode, obedece quem tem juízo’) seguirem aquela ‘onda’ de que alunos de 15 anos precisam ser tratados com mais carinho e não pode forçar gostar daquilo que não gosta, os alunos sempre encostavam a matemática, afinal ela apresentava MUITO desafio. Já que a escola entrou nesse conformismo e os pais [a maioria] só tem como meta o filho passar no vestibular o aluno acolheu bem a ordem e a encostou como sendo algo “muito dificil para minha cabeçinha”.

O que aconteceu já era esperado: a matemática era temida. E com isso, qualquer coisa que tivesse “muita” abstração também era vista como ‘chata’, ‘insuportável’, ‘sem utilidade prática’, etc — mais um vez aqui entram as teorias dos pedabobos de que tudo precisa ter uma utilidade prática.

A física por ser uma matéria que utiliza das ferramentas matemáticas para explicar suas teorias e conceitos abstratos, também passou a ser vista pelos alunos como algo “longe”, “distante da realidade” e, claro, porque não comprar a idéia: “sem utilidade prática”.

E então estamos criando jovens prontos para saberem a página em que está a teoria, mas não conhecendo absolutamente NADA sobre ela. E isso é ridículo.

Quando se faz uma análise profunda do que está acontecendo, percebe-se claramente que tem algo MUITO errado nisso tudo. Vemos alunos entrando no colegial já com a mentalidade: “Eu sou de exatas!”, “Eu sou de humanas!” e assim por diante. Defendem essa idéia como se fosse uma bandeira.

Eu não me canso em dizer aqui no blog que o Ensino Médio tem como BASE fornecer *CONHECIMENTOS*GERAIS*. Os alunos PRECISAM ter conhecimento de TODAS as áreas ensinadas, afinal esse é o mínimo necessário.

Talvez esse erro esteja começando quando as escolas priorizam apenas a ‘vitória’. A ‘derrota’ é sempre colocada como algo ruim; quando na verdade é algo extremamente benéfica para um jovem (e para um aluno), pois lhe ensina que na vida nem sempre é possível conseguir as coisas na primeira tentativa.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: